Como manter a saúde dos seios

0

Se existem uma preocupação que é constante entre as mulheres, é com a saúde e beleza dos seios. Elas estão sempre à procura de métodos e dicas de como manter a saúde dos seios. O que é absolutamente normal, e muito recomendado. Especialmente no Brasil, onde o câncer de mama ainda é o com os maiores índices de mortalidade.

Como manter a saúde dos seios

Figura 1 Como manter a saúde dos seios     Imagem retirada da internet.

 

Manter a saúde dos seios vai muito além de uma simples questão de vaidade. É fundamental para evitar complicações de saúde é problemas mais graves como o câncer por exemplo. Se você está interessada no assunto e quer conhecer algumas dicas de como manter a saúde dos seios, acompanhe esse artigo!

 

Patrimônio feminino

Os seios são muito mais que um atrativo físico, eles são um patrimônio feminino, fazem parte da identidade da mulher. E por isso merecem mais atenção e cuidados específicos.

Os tecidos mamários se desenvolvem da puberdade até a idade adulta, onde alcançam o tamanho e a forma particular de cada mulher. Além de embelezarem e serem grandes marcas do poder feminino, eles são poderosos atrativos sexuais e possuem uma importante função, a amamentação.

No entanto, assim como todo o corpo, eles também estão expostos a doenças que, ao longo da vida, podem afetar o bem-estar e a autoestima das mulheres. Por isso, é importante manter a saúde dos seios, estando sempre atenta a irregularidades e sensibilidades anormais.

 

Dicas para manter a saúde dos seios

Pensando em uma maior qualidade de vida e bem-estar, separamos algumas dicas importantes de como manter a saúde dos seios. Apenas mudando ou adotando alguns hábitos. Veja quais são eles:

  • Massageie os seios

    : fazer massagens regulares nos seios, melhora o fluxo linfático e a circulação no tecido mamário. Elas podem começar com movimentos suaves na axila, continuar na parte lateral do corpo e serem finalizadas com uma pequena pressão nos mamilos;

  • Mantenha um peso saudável

    : as mulheres em condição de sobrepeso e obesidade possuem o dobro de chances de ter câncer de mama, quando comparadas com as que possuem um peso saudável e estável. Manter o peso é fundamental para uma boa saúde geral do corpo, e isso pode ser feito com dietas balanceadas e exercícios físicos regulares. Além de bons hábitos;

  • Pratique exercícios físicos

    : os exercícios físicos diários são a maneira mais efetiva de evitar que aconteçam obstruções no sistema linfático, uma vez que eles facilitam a eliminação de toxinas circulantes nele. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, o hábito de praticar atividades físicas regularmente reduz o risco de desenvolver câncer de mama entre 20% e 80%. Isso porque durante sua pratica, são liberados hormônios que podem proteger o desenvolvimento de células malignas na mama;

  • Suar

    : os líquidos liberados durante a transpiração possuem substancias que não são necessárias ao nosso organismo, e que se não forem liberadas podem promover doenças graves. O suor durante os exercícios, um banho de sauna ou outras atividades que promovam transpiração, apoiam as funções do sistema imunológico e auxiliam a manter a saúde dos seios;

  • Evite o consume de álcool

    : o consumo excessivo de álcool promove o acumulo de toxinas no organismo, e diminui a funcionalidade dos órgãos excretores. A consequência disso é o aumento da retenção de líquidos, os maiores riscos de câncer e outras patologias derivadas de reações inflamatórias do corpo. Já está provado que o consumo excessivo de álcool aumenta em até 20% o risco de câncer de mama;

  • Saiba seus antecedentes familiares

    : há uma estimativa que mais de 15% dos diagnósticos de câncer de mama estão relacionados com questões hereditárias. Quando um familiar de primeiro grau teve câncer de mama, o risco de desenvolver a doença é multiplicado por um fator variando de dois a cinco;

  • Faça check ups regulares

    : são muitos os fatores que conduzem ao desenvolvimento do câncer, como cistos e outros incômodos nos seios. O mais aconselhável é fazer sempre os exames e revisões médicas. Especialmente a partir dos 40 anos, quando os casos de risco genético são maiores;

  • Beba muita água

    : o consumo diário de água funciona como combustível para as células, desempenhando um papel importantíssimo no transporte de vitaminas, minerais e diversos outros nutrientes necessários para manter a saúde dos seios e todo o corpo. A água funciona como um desintoxicante natural, promovendo um melhor funcionamento do sistema linfático e circulatório;

  • Faça o autoexame

    : é importantíssimo que o autoexame seja feito uma vez ao mês. Apenas ele lhe permitirá detectar anomalias e pequenos caroços na mama. Veja na imagem a seguir, como ele deve ser feito.

Como manter a saúde dos seios

Figura 2 Como manter a saúde dos seios – Veja como o autoexame deve ser feito        Imagem retirada da internet.

Podem parecer dicas bobas e batidas, mas são de extrema importância e absolutamente funcionais quando o assunto é manter a saúde dos seios e do corpo de uma maneira geral. Se você gostou desse artigo e quer ler mais a respeito, acompanhe nossos artigos, o próximo assunto abordado será sobre o Papanicolau.

Fonte: Melhor com saúde

Compartilhar.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: