Fibromialgia

0

Conheça os sintomas, tratamentos e o que é a fibromialgia

Nesse ano muitos fãs brasileiros da cantora americana Lady Gaga esperavam ansiosamente pela presença da artista no Rock in Rio, mas a falta dela foi marcada por uma doença que poucos conheciam: a fibromialgia. Alegando crises desse mal crônico, Gaga cancelou os shows que iria fazer no Rio de Janeiro, pouco antes da apresentação e chamou a atenção de muitos para o tema. Mas, afinal, o que é a fibromialgia e como ela pode afetar a vida de quem a tem? Quais são os tratamentos? É o que vamos falar neste artigo.

Fibromialgia

O que é a fibromialgia?

Alguns médicos definem a fibromialgia como uma doença crônica causada por um conjunto de sintomas sem uma causa única. Isso mesmo, não há uma razão única para que uma pessoa seja portadora de fibromialgia. Na maioria das vezes, aliás, descobrir o que provocou a doença é um grande desafio.

O que se tem até agora são estudos que associam o aparecimento da fibromialgia a pessoas que são mais sensíveis a dor. E essa sensibilidade seria algo do próprio organismo, do sistema nervoso que provocaria essa dor mais intensa. E é justamente nos músculos que a dor se concentra. Até porque, podemos dizer que “machucamos” nossa musculatura todos os dias e, para uma pessoa que não tem fibromialgia, essas lesões nem são percebidas, mas quem tem, pode sentir dores que chegam a ser insuportáveis. Tanto que causam até mesmo a perda do sono.

Outra razão para o aparecimento da fibromialgia seria a associação dela com outras doenças como infecções graves e até mesmo traumas psicológicos. No caso da cantora Lady Gaga, por exemplo, o quadro da fibromialgia vem sendo associado ao fato de ela possuir Lúpus. As dores sentidas nessa doença poderiam se intensificar ao ponto de também provocar a fibromialgia. Mas essa é uma hipótese que ainda precisa ser estudada.

Quanto à associação da fibromialgia aos traumas psicológicos, a razão estaria principalmente no fato de que o estresse e situações traumatizantes ( como abuso sexual) podem fazer com que o músculo tenha contratura e isso é um fator desencadeante para a fibromialgia.

 

Sintomas da Fibromialgia

Fibromialgia

A pessoa com fibromialgia tem, principalmente, muita dor nos músculos, mas que também podem aparecer em outras partes do corpo. Veja alguns dos sintomas da fibromialgia que são mais aparentes, lembrando sempre que quem dá o diagnóstico final é o médico:

Dores: podem ser em várias partes do corpo, mas costumam aparecer principalmente nas costas, músculos, cabeça, cotovelo, abdômen, pescoço e em regiões próximas à coluna. Essas dores costumam ser fortes do tipo aguda e acontecem, geralmente, à noite.

Cansaço e fadiga: um dos principais sintomas da fibromialgia é também a ausência do sono. Pesquisas mostram que mais de 90% dos pacientes que têm a doença costumam não dormir bem. O tipo de sono dessas pessoas é interrompido, e bem leve, o que provoca a sensação de fadiga e de cansaço no dia seguinte. Mas não é a falta de sono que provoca a fibromialgia, como alguns cientistas acreditavam. Na verdade, é a dor forte da doença que faz com que as pessoas tenham o sono alterado e não consigam dormir bem.

Alterações de humor: tanta dor também pode causar ansiedade, mau humor e até mesmo sintomas depressivos nos pacientes de fibromialgia. Para tratar esse tipo de sintoma é fundamental procurar o médico. Pode ser que o reumatologista mesmo indique alguns antidepressivos, se for o caso.

Sensibilidade: as pessoas com fibromialgia também tendem a ficar mais sensíveis ao calor, frio, as dores e também podem apresentar sensações como formigamento.

Outros sintomas: é comum também notar gases excessivos, alteração na menstruação que fica mais dolorosa nas mulheres, falta de concentração e rigidez nas articulações.

Tratamento da Fibromialgia

Fibromialgia

A fibromialgia pode ser tratada de maneira medicamentosa ou não medicamentosa, tudo vai depender da avaliação médica. No tratamento medicamentoso da fibromialgia, podem ser inclusos remédios para aliviar os sintomas como aspirinas ou analgésicos para, antidepressivos para os sintomas emocionais associados à doença ou mesmo medicamentos que melhoram o sono. Além de outros tratamentos que o médico achar prudente.

Já se o caso for para o tratamento não medicamentoso de fibromialgia, a recomendação é de que sejam feitos exercícios específicos de alongamento, relaxamento, aquecimento, resistência… Tudo isso pode ajudar a aliviar os sintomas e trazer uma melhor qualidade de vida, afinal, os exercícios não fazem bem só para quem tem fibromialgia, como também são essenciais na vida de muitas pessoas.

A fibromialgia é uma doença que muita gente ainda pode não ter tido o diagnóstico e, por isso, acaba sofrendo com as dores. Ir ao médico com alguns dos sintomas que listamos aqui fará com que receba o diagnóstico correto e possa tratar a doença da maneira certa.  No próximo artigo vamos falar sobre a Dieta Dukan! Fique de olho!

 

 

 

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: