Conheça o Papanicolau

0

As mulheres quando começam a ter uma vida sexual ativa, são sempre orientadas a manter uma frequência de visitas ao médico ginecologista, mas nem sempre entendem o porquê. Por isso preparamos esse artigo, para que você conheça o Papanicolau e entenda como ele é necessário para manter a boa saúde feminina. Fique conosco e saiba mais!

Conheça o Papanicolau

Figura 1 Conheça o Papanicolau          Imagem retirada da internet.

 

 

Trata-se de um exame muito importante para a saúde da mulher, no entanto, a maioria delas evita fazê-lo, por não compreender essa importância, ou por vergonha.

O que é o exame Papanicolau?

O exame Papanicolau, também conhecido como exame pré-câncer, é um exame ginecológico, normalmente realizado em consultório médico. Onde o médico coleta células do colo do útero da mulher e envia para análise. É um exame simples, indolor e bem rápido.

A função do Papanicolau é detectar, através de células coletadas no colo do útero, anormalidades. Geralmente relacionadas a tumores, ou infecções provocadas por fungos, como a candidíase por exemplo, protozoários, herpes e HPV.

Ele é geralmente realizado apenas em mulheres sexualmente ativas, e serve basicamente como um método de prevenção. Além de detectar possíveis doenças, ele também fornece informações sobre níveis hormonais, estrogênio e progesterona.

 

Entenda melhor para que o Papanicolau serve

O exame Papanicolau é comumente realizado para detectar condições pré-cancerosas e câncer cervical de colo uterino. Quando uma anomalia ou alteração na superfície do colo uterino é detectada, é considerada como uma condição pré-cancerosa, e permite ao médico poder tratar ou mesmo remover o tecido comprometido, antes que se torne um câncer cervical.

Quando, através do Papanicolau, é detectado um câncer de colo de útero em estágio inicial, é possível eleger um tratamento adequado e até esmo curar o câncer, antes que ele se espalhe.

Em ambos os casos, tanto alterações pré-cancerosas como canceres na superfície do colo uterino, as causas são infecções virais, provocadas por um vírus chamado papiloma humano (HPV). Alguns tipos de HPV causam apenas verrugas genitais, e outros tipos podem causar câncer. A grande maioria das pessoas que estão infectadas com o vírus HPV não possuem sintomas, mas podem transmitir o vírus para outras pessoas através do contato sexual.

O teste para HPV é realizado no Papanicolau, quando o médico coleta células da superfície do colo uterino e as envia ao laboratório para detectar possíveis presenças de DNA do HPV.

Esse vírus é muito comum, de acordo com pesquisas, entre 20% e 40% dos adolescentes sexualmente ativos, são positivos a exposição do vírus HPV, e cerca de 40% das mulheres sexualmente ativas entre 20 e 29 anos, também apresentam resultados positivos. A boa noticia é que a maioria das mulheres elimina o vírus sem nenhum tratamento.

Conheça o Papanicolau

Figura 2 Coleta do exame de Papanicolau – Conheça o Papanicolau            Imagem retirada da internet.

Como o vírus é muito comum, e raramente leva ao desenvolvimento do câncer, apenas testar o HPV não serve como uma boa seleção para o câncer do colo de útero. Por isso o Papanicolau, que além de investigar o HPV também detecta possíveis anomalias cancerígenas, ainda é tão necessário para a manutenção da boa saúde feminina.

Durante a realização do exame pélvico chamado Papanicolau, as células uterinas são raspadas delicadamente, e enviadas para análise. De uma maneira rápida e indolor, geralmente o exame ginecológico completo dura entre 5 e 20 minutos.

 

Quando o Papanicolau precisa ser feito?

O exame Papanicolau é realizado em consultório médico, durante a consulta de rotina, com uma frequência anual, na maior parte dos casos, normalmente acompanhado de um exame na mama. O mais indicado é que o exame Papanicolau seja realizado ao menos duas vezes ao ano, ou uma vez a cada trimestre.

Dúvidas frequentes sobre o Papanicolau

Existem algumas dúvidas que são muito comuns entre as mulheres quando o assunto é o exame Papanicolau. Veja agora a resposta para algumas delas:

  1. O exame Papanicolau é oferecido pelo SUS? O Papanicolau é parte fundamental das diretrizes de saúde preventiva da mulher, e por esse motivo pode ser feito de forma gratuita em qualquer posto de saúde brasileiro.
  2. Quais são os cuidados necessários para a realização do exame? Os cuidados para realização do exame são bem simples. É preciso que a mulher não esteja menstruada, e nem tenha relações sexuais em até dois dias antes do exame.
  3. Como a coleta do material é feita? Para a realização da coleta de material é preciso que a mulher se deite em posição ginecológica, em uma maca apropriada, e apoie as pernas em suportes específicos. O médico então introduz na vagina um espéculo (ferramenta que mantem o canal aberto) e em seguida raspa uma pequena área da parede uterina.
  4. O exame Papanicolau dói? Não, de um modo geral ele é muito rápido e completamente indolor. Mas, em alguns casos pode causar algum desconforto e pequeno sangramento.
  5. O que devo fazer após o exame? Após a realização do exame é preciso que se espere o resultado e volte ao médico, para saber seu resultado e iniciar algum tratamento, caso haja necessidade.

 

Achou interessante esse assunto? Continue acompanhando o blog e fique por dentro de todos os assuntos sobre saúde.

 

Fontes: Opas / Fortíssima

Compartilhar.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: